Apanhador Só reúne experimentalismo e convidados em ‘Meio que Tudo é Um’

315
0
COMPARTILHAR:

Terceiro álbum de inéditas e sucessor do aclamado Antes que Tu Conte Outra, o trio gaúcho Apanhador Só lançou nesta sexta (4) o disco Meio que Tudo é Um nos serviços de streaming e para download gratuito. O disco traz 15 músicas e as participações especiais das vocalistas Julia Ortiz e Lola Aguirre, do Perotá Chingó, o bardo Luiz Gabriel Lopes [Graveola] e cantores e compositores Ian e Thiago Ramil.

O disco foi gravado entre novembro de 2016 e abril de 2017 e foi produzido pela própria banda, em parceria com o guitarrista Diego Poloni. A arte do álbum ficou por conta do Daniel Eizirik e foi fruto de financiamento coletivo. A pré-venda em CD pode ser acessada na loja online do trio [loja.apanhadorso.com] e no site da Livraria Cultura. O LP está previsto para setembro.

Originada em Porto Alegre em 2006, o Apanhador Só é formado por Alexandre Kumpinski [voz, violão, guitarra, percussão], Felipe Zancanaro [guitarra, bateria, percussão, programações, voz] e Fernão [baixo, teclado, percussão, voz]. Ao vivo, eles são acompanhados por Diego Poloni [guitarra, teclado, percussão, programações, voz] e Bruno Neves [bateria, percussão, voz].

Track-list

01 – Sol da Dúvida
02 – Sopro
03 – Teia
04 – RJ banco imobiliário
05 – O Creme e o Crime
06 – Viralatice dos Prédios
07 – Bastas
08 – Paso hacia atrás
09 – Isabel chove
10 – Pelos olhos do mundo
11 – Conforto
12 – Metropolitano
13 – Bandeira
14 – Linda, louca e livre
15 – O corpo vai acabar

 

Foto: Tuane Eggers

COMPARTILHAR:

Comentários no Facebook