Cafe Republica reflete sobre as ilusões e a existência em ‘Um’

294
1
COMPARTILHAR:

Influenciada pelas bandas gringas, até pouco tempo, a Cafe Republica tinha a língua inglesa com a oficial de suas canções. Em nova fase, os cariocas vêem mostrar que eles também fazem música em português tão boas, ou melhores. Uma prova disso é o novo single “Um”, que da o “start” do seu primeiro disco cheio.

Bebendo da psicodelia brasileira setentista, a canção traz arranjos singulares e uma letra reflexiva sobre a imposição da sociedade de seguir/ se encaixar em padrões, rótulos, tribos ao invés da pessoa se livre para ser quem ela quiser, transitar, ser múltipla. “Qual de nós decidiu na fração de segundo, ou então no espaço do sim e do não, que o melhor era ser mesmo um?” canta a banda, formada por Octavio Peral (guitarra e voz), Anderson Ferreira “Cabs” (teclado e voz), Barbanjo Reis (bateria e voz), Juca Sodré (baixo) e Ygor “Big” (guitarra).

Previsto para ser lançado ainda este ano, o álbum tem a produção da Cafe Republica com co-produção de Eugenio Dale, responsável pela mixagem do single em parceria com Barbanjo Reis. A masterização é assinada por Luiz Tornaghi.


Foto: Laila Duvivier

COMPARTILHAR:

Comentários no Facebook