Conheça a história de “O Que Eu Quero Levar” de Lívia Mattos

183
0
COMPARTILHAR:

“O que eu quero levar” é uma parceria da sanfoneira Lívia Mattos com o acordeonista franco-português Loic Cordeon. Lívia lembra que a canção nasceu no período em que residiu em Paris, o conheceu o Loic. “Ele me mostrou sons do Haiti, referências que achava que tinham a ver com o meu som. Eu pirei no kompa haitiano. Ele pegou a sanfona e começou a fazer uma levada interessante. No mesmo dia me veio a melodia e a ideia da letra”, conta Lívia.

A faixa foi lançada no álbum Vinha da Ida (2017) – o primeiro trabalho solo de Lívia Mattos – e conta com a participação especial do acordeonista Toninho Ferragutti. O resultado é um balanço contagiante conduzido por uma letra direta e libertária. “Acabou que ela transversalizou com as minhas referências, o meu modo de tocar a levada; misturou com o som dos terreiros e deu no que deu”, comenta Lívia.

Foto 1: Tiago Lima
Foto 2: Gilles Brochand

COMPARTILHAR:

Comentários no Facebook