Novos clipes: Triz, Rimas & Melodias, Xamã e Pavilhão 9

261
0
COMPARTILHAR:

“Eu queria deixar bem claro que não estou aqui para representar o Rap feminino, muito menos o masculino. Eu estou aqui para representar o Rap nacional e eu peço que respeitem a minha identidade de gênero”. É com esta fala que  Triz, que se identifica como transgênero não binário, inicia o seu primeiro clipe “Elevação Mental”.

Com uma linguagem cinematográfica, o vídeo mostra Triz percorrendo a cidade de São Paulo enquanto em sua canção propõe  uma reflexão corajosa e sensível sobre diversidade de gêneros. A concepção e direção ficou a cargo do cineasta Cesar Gananian.


Juntas desde o fim de 2015, as rappers Alt Niss, Drik Barbosa, Karol de Souza, Stefanie, Tássia Reis, Tatiana Bispo e a DJ Mayra Maldjian formam o grupo feminino de rap e neo-soul Rimas & Melodias. As minas lançaram o clipe de “Origens”, faixa que estará no disco de estreia previsto para o fim de agosto.

Dirigido por Samukera e Brombini Dois G, o vídeo, que teve como locação o Red Bull Station,  traz todas as integrantes da banda mandando através da rima e misturas rítmicas as origens de cada uma.


Nova aposta do Rap carioca e nacional, Xamã estreia o clipe da música “Catuaba HIT”. Dirigido por Rabu Gonzales e Isaac Metanoia, o vídeo, gravado em Goiânia, brinca com as diversas linguagens do cinema, teatro e games tanto na narrativa, quanto nos quadros e na dinâmica ao retratar um duelo meio atrapalhado.

O rapper, que recentemente assinou com Bagua Records, tem se destacado na internet. O seu primeiro clipe, da faixa “A Bela e Fera” já soma mais de 2,5 milhões de visualizações no youtube, em apenas um mês. E este novo caminha na mesma direção.


Depois de um longo hiato, o Pavilhão 9 está de volta e com single novo. A tradicional banda de rap metal de São Paulo lança “Tudo Por Dinheiro”, primeira música de trabalho do álbum, Antes Durante Depois, previsto para o próximo mês.

Para celebrar o retorno, a banda liberou um lyric video da faixa que versa sobre a ganância da sociedade e aproveita para dar umas cutucadas nos caras que comandam o país.  A direção é de Alex Miranda, responsável por outros clipes do Pavilhão nos 90, como “Apaga o Baseado”, “Procurados Vivos ou Mortos” e “Mandando Bronca”.

 

COMPARTILHAR:

Comentários no Facebook